• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

NOTA DE REPÚDIO CONTRA ATAQUE DA VALE AOS ACAMPADOS DA FETRAF EM PARAUAPEBAS/PA

Nota de repúdio da CUT/PA contra os ataques sofrido a famílias no acampamento Lagoa, por seguranças da Vale, em Parauapebas/PA.

Publicado: 22 Junho, 2020 - 19h22 | Última modificação: 22 Junho, 2020 - 19h40

Escrito por: CUT-PA

Nieves Rodrigues – MST/PA
notice
Ataque ao Acampamento Lagoa Nova Carajás, Pará, deixou diversas pessoas feridas

A Central Única dos Trabalhadores No Pará – CUT/PA, através desta nota, vem repudiar veementemente o ataque brutal por parte de Agentes de Segurança da Empresa Vale do Sudeste do Pará, em que, de forma covarde e truculenta, agrediram famílias e integrantes da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Pará – FETRAF, no Acampamento Lagoa Nova Carajás, município de Parauapebas/PA, onde vivem 248 famílias há 5 anos.

Segundo informações da coordenadora da FETRAF/PA, Viviane Oliveira, no qual se encontra gravemente ferida, na noite de ontem (21/06), os agentes de segurança da Vale, atiraram contra as famílias (crianças, idosos). O ataque deixou diversas pessoas feridas, em meio à momentos de pânico e terror.

Famílias inteiras foram atingidas nesse episódio, sendo desrespeitados os direitos humanos das pessoas e aprofundando os conflitos agrários!

 Exigimos das autoridades de segurança pública do estado e o Ministério Público, o envio imediato de efetivo à área de conflito para socorro e segurança dos feridos e apuração imediata dos fatos, com a prisão dos causadores desse conflito. Exigimos a punição dos culpados.

A CUT/Pa se solidariza aos trabalhadores e trabalhadoras que foram alvo desse ataque brutal, ao mesmo tempo em que   manifesta repúdio ao ato de violência cometida contra os camponeses e camponesas no estado do Pará.

 Somos fortes, somos CUT!

 Direção CUT/PA - 22/jun/2020

Fonte: Redes Socias, MST/PA