• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

NOTA DAS CENTRAIS SINDICAIS CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO ESTADO DO PARÁ

O Fórum das Centrais Sindicais no Pará (CTB, CUT, CGTB, CSB, NOVA CENTRAL, FORÇA SINDICAL, UGT, INTERSINDICAL e CSP-Conlutas, DIZ NÃO A REFORMA DE HELDER

Publicado: 17 Dezembro, 2019 - 07h21 | Última modificação: 17 Dezembro, 2019 - 09h38

Escrito por: CUT-PA

CUT - PA
notice
HELDER QUEBRA ACORDO E TRAI OS SERVIDORES NO ESTADO DO PARÁ

Hélder, tire a mãos da nossa previdência!

 

O Fórum das Centrais Sindicais no Pará (CTB, CUT, CGTB, CSB, NOVA CENTRAL, FORÇA SINDICAL, UGT, INTERSINDICAL e CSP-Conlutas) manifesta posição contrária à proposta de reforma da previdência do governo Hélder Barbalho (MDB) e Lúcio Vale (PR). 

É direito dos servidores públicos estaduais à aposentadoria, não pode os contribuintes pagar pelo suposto rombo no sistema, haja vista que todos contribuíram e contribuem para a previdência estadual. 

O governo do Pará tem uma dívida assumida, publicamente, com os servidores de reposição salarial e do pagamento do piso nacional do magistério, de melhorar as condições de trabalho e de prestação de serviços públicos de qualidade social aos paraenses.

A reforma previdenciária e administrativa do Governo, que taxa em 14% a contribuição previdenciária, elevam a idade mínima e o tempo de contribuição para a aposentadoria, limita direitos dos pensionistas e das pensões por morte. Temas da PEC Paralela, ainda, em tramitação no Congresso Nacional. Além de atacar as licenças dos mandatos classistas.

As Centrais Sindicais somam esforços com os servidores e seus sindicatos pela retirada de pauta da reforma previdenciária e administrativa do Governo Hélder. 

Não à Reforma da Previdência do Estado do Pará.

Belém-Pará, 16 de dezembro de 2019.

 

FÓRUM DAS CENTRAIS SINDICAIS NO PARÁ