• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

IX CONGRESSO DO SIND. DOS URBANITÁRIOS: Como fazer sindicalismo no século XXI

Os desafios da organização sindical na nova lógica do mundo do trabalho

Publicado: 06 Novembro, 2018 - 11h43 | Última modificação: 06 Novembro, 2018 - 12h02

Escrito por: SINDICATO DOS URBANITÁRIOS

SINDICATO DOS URBANITARIOS
notice
Como fazer sindicalismo no século XXI

Com o tema “Como fazer sindicalismo no século XXI” e lema “Os desafios da organização sindical na nova lógica do mundo do trabalho”, o Sindicato dos Urbanitários do Pará realiza no período de 07 a 10 de novembro de 2018 o I Sistema Diretivo do STIUPA Gestão 2018/2021 e o IX Congresso Estadual dos Urbanitários do Pará (Ceup), cumprindo determinação de seu estatuto social. Os eventos serão realizados no auditório da sede do Sindicato, na Avenida Duque de Caxias, 1234, entre as travessas Lomas Valetinas e Enéas Pinheiro. O Sistema Diretivo reúne toda a direção do Stiupa, delegados e delegadas sindicais que compõem a gestão 2018/2021. O Congresso tem a participação, além dos diretores e delegados da gestão atual,  também de delegados e delegadas escolhidos pela categoria em assembleias realizadas em Belém e delegacias regionais no dia 25 de setembro, que terão direito a voz e voto. O Congresso também terá a participação de entidades governamentais, organizações da sociedade civil, centrais sindicais, parlamentares, instituições públicas, academias, que terão direito a voz, mas não terão direto a voto. Reiteramos que só terão direito a voto a diretoria sindical e os delegados e delegadas eleitos especificamente para participar do Ceup.(Exc)

A programação do Sistema Diretivo terá início às 8h30, do dia 07/11/18 com a mesa de abertura composta pelo presidente do Stiupa, José Bianor Pena; presidente da Federação Nacional dos Urbanitários (FNU), Pedro Blois; presidente da CUT Pará, Euci Ana da Costa Gonçalves; assessor jurídico do Stiupa, Jarbas Vasconcelos; e pelo coordenador técnico do Dieese-PA, Roberto Sena. Em seguida haverá o painel “Formação Político Sindical - Os Sistemas de Governo e suas Políticas de Estado”, apresentado pelo cientista político Roberto Correa e pelo jornalista Lúcio Flávio Pinto. A programação da tarde do dia 7/11, manhã e tarde do dia 8/11 será voltada para assuntos internos do funcionamento da entidade sindical.

O Congresso iniciará no dia 8/11 às 19h com a mesa composta pelo coordenador geral do Dieese, Clemente Ganz, senador Paulo Rocha e o deputado estadual Carlos Bordalo que irão falar sobre “Os Desafios para a Nova Ordem Política do País e do Estado”. No dia 9/11, pela manhã o debate será sobre o setor elétrico com a participação de Gustavo Teixeira, do Dieese São Paulo e de Iury Paulino, do MAB. À tarde, debateremos o setor de saneamento sendo palestrantes o Prof. Carlos Bordalo da UFPA e Edson Aparecido, assessor para o saneamento da FNU. Já no 10/11 pela manhã a palestra será sobre Políticas Sociais com a Tatiana Oliveira, Secretária de Mulheres da CUT/PA e Dr. Jorge Farias.

O mundo do trabalho passa por profundas transformações, exigindo dos trabalhadores adequações à nova realidade em que a velocidade das transformações tecnológicas obriga a repensar a forma de organização sindical. Além da crescente automação das indústrias há a situação econômica e política do país, com milhões de desempregados e a retirada dos direitos dos trabalhadores, a terceirização irrestrita, assim como, a ameaça da reforma da Previdência onde uma de suas principais ameaças ao trabalhador /a é aumentar em 10 anos o tempo de contribuição ou o tempo de serviço para o trabalhador/a se aposentar. São esse cenário e possíveis alternativas que o IX Ceup irá avaliar e debater. 

A participação dos trabalhadores e trabalhadoras é fundamental para que possamos aumentar o nosso entendimento sobre a realidade brasileira e nos preparar para fortalecer a organização da categoria. Os urbanitários e urbanitárias da Região Metropolitana de Belém interessados em participar do IX Ceup devem fazer sua inscrição na secretaria do Sindicato até amanhã (31/10/2018). É importante ressaltar que os Urbanitarios/as que fizerem inscrição agora não terão liberação das empresas, pois as liberações foram apenas para quem foi eleito nas assembleias para escolha de delegados ao Congresso. Quem quiser participar pode usar seus bancos de hora, folgas, etc. Participe!

ÁGUA E ENERGIA NÃO SÃO MERCADORIA!

FONTE: SINDICATO DOS URBANITÁRIOS

carregando
carregando