• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

ATO NACIONAL CONTRA A MILITARIZAÇÃO NO INSS E POR CONCURSO PÚBLICO JÁ!

Dia do Aposentado é uma data para que todos os , trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade, estudantes, juventude, aposentados, pensionistas, para protestar contra a destruição da Previdência Publica.

Publicado: 27 Janeiro, 2020 - 10h01 | Última modificação: 27 Janeiro, 2020 - 10h37

Escrito por: CUT/PA

CUT-PA
notice
Vera Paoloni - Secretária Geral da CUT-PA,em frente ao INSS, no Ato do Dia Nac. dos Aposentados.

Neste Dia Nacional da Previdência e do Aposentado, o SINTPREVS Pará realiza mais um grande ato em frente a Gerência do INSS em defesa da previdência pública, por concurso público e contra a militarização no INSS.

  

O Dia do Aposentado é uma data para que todos os servidores públicos, trabalhadores celetistas, trabalhadores do campo e da cidade, estudantes, juventude, aposentados, pensionistas, juntos ocuparmos as ruas para protestar contra a destruição da Previdência do povo brasileiro. Quem não aceita trabalhar até morrer, tem que se somar nesta luta.

Seguindo a orientação da FENASPS, a atividade contou com a presença e solidariedade da CUT, FETAGRI, MST, CONLUTAS, Sindicato dos Bancários, Sindicato dos Urbanitários, Sindicato dos CORREIOS, Sindicato dos Jornalistas, Sindicato dos Docentes da UFPA, Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Sindicato dos Gráficos.

Em todas as categorias há prejuízos enormes. Desmontar o serviço público é uma estratégia do governo Bolsonaro e quem perde com isso são os milhares de trabalhadores segurados.

 

As filas em frente as agências do INSS não param de crescer. Para Ana Mel, dirigente do SINTPREVS, a resposta vem da mobilização: "contratar 7 mil militares que não conhecem a legislação, não irá resolver o problema. O que resolve, é chamar os mais de 12 mil trabalhadores aposentados do INSS para voltarem a ativa ou fazer concurso público já!

fonte : SINTPREVS/PA E CUT/PA