• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Assassino de Leila Arruda, é condenado a 25 anos e 6 meses de prisão.

Nesta sexta-feira (08), o assassino de Leila Arruda, que foi vitima de feminicídio, Boaventura Dias, foi julgado e condenado a 25 anos e 6 meses de prisão, quase a pena máxima brasileira.

Publicado: 08 Outubro, 2021 - 18h26 | Última modificação: 08 Outubro, 2021 - 18h46

Escrito por: CUT-PA

REDES SOCIAIS DE LEILA ARRUDA
notice
LEILA ARRUDA PRESENTE!

Na noite do dia 19 de novembro de 2020, nossa companheira Leila Maria dos Santos Arruda, foi vítima de feminicídio, assassinada de forma brutal pelo ex-marido, em Belém, na porta de sua residência.

 

Hoje (08) no Fórum Criminal de Belém, aconteceu o julgamento do caso de feminicídio contra Leila Arruda, que foi candidata pelo PT à Prefeitura de Curralinho/PA nas eleições de 2020.

 

O assassino de Leila, Boaventura da Silva, teve sua sentença decretada, foi condenado a 25 anos e 6 meses de prisão, em regime fechado.

 

A justiça foi feita no caso de Leila, mas seguimos na luta contra o feminicídio, o machismo e a misoginia, para que nenhuma outra mulher seja vitima desse ato de brutalidade e covardia.

 

LEILA ARRUDA PRESENTE!