• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

07 DE SETEMBRO, GRITO DOS EXCLUÍDOS E EXCLUÍDAS 2020

O Grito dos excluídos este ano de 2020, vem com o tema “A vida em primeiro lugar: Basta de miséria, preconceito e repressão! Queremos TRABALHO, TERRA, TETO E PARTICIPAÇÃO!”

Publicado: 04 Setembro, 2020 - 23h11 | Última modificação: 04 Setembro, 2020 - 23h32

Escrito por: CUT- PA

CUT-PA
notice
26º GRITO DOS EXCLUÍDOS E EXCLUÍDAS 2020

A proposta do Grito dos Excluídos e Excluídas surgiu em1994, a partir do processo da 2ª Semana Social Brasileira, da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), cujo tema era “Brasil, alternativas e protagonistas”, inspirada na Campanha da Fraternidade de 1995, com o lema: A fraternidade e os excluídos.

O Grito vai muito além de uma articulação e sim um processo, uma manifestação popular cheia de simbolismo, integrada por pessoas, grupos, entidades, igreja e movimentos sociais comprometidos com as causas dos excluídos, é um espaço aberto para denúncias sobre as mais variadas formas de exclusão.

Em 2020 acontecerá o vigésimo sexto Grito dos Excluídos e Excluídas, que ocorre em cenário dramático, não só por conta da pandemia do corona vírus que eclodiu no mundo, mas porque esta calamidade veio se juntar a outras, que atacam e destroem a vida, derrubam todo e qualquer princípio humano de convivência social. Que destroem e aniquilam saberes, crenças, tradições milenárias, gerando o caos e alimentando-se das falsas notícias disseminadas nas modernas e sofisticadas redes da comunicação pós-moderna.

A ameaça contra a vida é constante em suas diversas formas, entre elas, as mais evidentes: a da violência do Estado e de suas instituições com os altíssimos índices de assassinato de jovens negros, pobres, periféricos, favelados; a violação dos direitos básicos como água, moradia, saúde e educação de qualidade, lazer, cultura, trabalho, transporte. O que fomenta o crescimento de uma economia elitista e exclusivista que produz uma minoria dos “ricos cada vez mais ricos” e a crescente miséria, inchando as periferias e jogando uma multidão de seres humanos no olho da rua, com consequências sociais dramáticas e assustadoras.

O Grito dos excluídos este ano de 2020, vem com o tema “A vida em primeiro lugar: Basta de miséria, preconceito e repressão! Queremos TRABALHO, TERRA, TETO E PARTICIPAÇÃO!

CUT-PACUT-PA 

A concentração do grito, na segunda-feira (07), será em frente ao Teatro da Paz, na Praça da República às 09h00.

 

Todos os presentes deverão seguir os protocolos de cuidados para evitar a proliferação do Covid 19, utilizando mascaras e mantendo o distanciamento de 1,5 m por participante.

 

Fonte: CNBB – Jornal Grito dos Excluídos 26ª edição